Você sabia que os animais podem doar sangue?

Você sabia que os animais podem ter diabetes?
14 de novembro de 2020
Lágrima ácida: você sabe o que é?
1 de fevereiro de 2021

A importância da doação de sangue 

Estamos acostumados com campanhas de doação de sangue. Frequentemente podemos acompanhar as chamadas que solicitam voluntários para abastecer os bancos de sangue de todo o país. Esse procedimento simples e rápido ajuda diversas pessoas e pode até mesmo salvar vidas! 

Mas você sabia que esse também é um procedimento comum no mundo pet? Além de traumas e acidentes, algumas doenças autoimunes também levam os animais a precisar de transfusão, e existem vários tipos sanguíneos dos animais. A melhor maneira de ajudar nossos amigos peludos é por meio da doação de sangue! 

Critérios para doação 

A doação de sangue é muito importante, e certamente muitos tutores gostariam de ajudar outros pets a se recuperarem. Entretanto, há alguns critérios necessários. É importante lembrar que isso é válido independentemente do tipo sanguíneo.

 

Quais os critérios para um cão se tornar um doador?

  • Idade entre 1 e 8 anos
  • Peso mínimo de 27kg
  • Temperamento dócil
  • Vacinação e Vermifugação atualizadas
  • Controle de pulgas e carrapatos
  • Não apresentar doença ou transfusão prévia

 

Quais os critérios para um gato se tornar um doador?

  • Temperamento dócil
  • Peso mínimo de 4kg
  • Idade entre 1 e 7 anos
  • Vacinação e Vermifugação atualizadas
  • Controle de pulgas e carrapatos
  • Não apresentar doença ou transfusão prévia

 

Como é o processo de doação?

A doação de sangue animal é um procedimento rápido. Nos gatos ela gira em torno de 20 minutos e a quantidade de sangue retirado é 60 ml. Já nos cães a doação varia em média 15 minutos e a retirada de sangue é de 450 ml. 

Durante o procedimento os pets precisam permanecer quietinhos durante a doação (em alguns casos é recomendado, inclusive, um leve sedativo para manter o animal calmo – mas tudo isso depende da avaliação profissional do veterinário responsável – sempre priorizando o bem-estar do pet). 

 

É recomendado que o animal que vai doar sangue permaneça em jejum de até 4 horas antes do procedimento. É muito importante destacar que as doações de sangue animal podem ser realizadas de 3 em 3 meses apenas, para que não haja riscos de complicações na saúde do pet que doa sangue.

 

Se você tem um melhor amigo que se encaixa nos padrões necessários e está pensando em levá-lo para doar sangue, converse com seu médico veterinário de confiança para saber onde existem coletas.

Precisa de ajuda? Nos chame!